IDEB da Rede Municipal de Ensino de Patos de Minas supera média estadual e nacional

0
96

Já estão disponíveis para consulta os resultados do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB), que é reconhecido como o principal parâmetro de qualidade da educação nacional. Desde sua criação, em 2007, a cada dois anos o índice é calculado, avaliando a aprovação nas escolas e o desempenho dos estudantes em Língua Portuguesa e Matemática.

Os resultados de Patos de Minas mostraram que a educação municipal está no caminho certo. Houve um crescimento da maioria das escolas, que superaram as metas estipuladas pelo INEP/MEC. Os dados indicam que nos anos iniciais do Ensino Fundamental, houve um aumento de 0,6 pontos em relação ao índice de 2015. Desse modo, a rede municipal de ensino, avaliada com a média 6,5 em 2015, passa a figurar com a média 7,1. Segundo a Secretária Municipal de Educação em exercício, Denise Barros, o crescimento é bastante significativo. “Esse número demonstra o resultado de um trabalho sistemático realizado pela equipe pedagógica da Semed e pelas instituições de ensino. Assim, precisa ser comemorado e divulgado pelas comunidades escolares, que trilham uma trajetória de comprometimento em torno da aprendizagem dos estudantes”, ressaltou a secretária. A média nacional foi de 5,8 (anos Iniciais) e 4,7 (anos finais) e a Estadual foi de 6,3 (anos iniciais) e 4,5 (anos finais) em 2017.

Nos anos finais do Ensino Fundamental, a rede municipal de ensino manteve a média anterior: 5,5, considerada satisfatória. “É preciso ressaltar, que os índices alcançados são superiores às médias estadual e nacional”, explica Denise, revelando que as escolas municipais de Patos de Minas também apresentaram desempenho superior ao de municípios importantes de Minas Gerais como Uberaba (5,3) e Uberlândia (4,5). “Tendo em vista o seu IDEB, na região do Alto Paranaíba, o município se mantém como uma referência educacional”, acrescenta a secretária.

Resultados superiores às Metas

Segundo Denise Barros, as escolas municipais de Patos de Minas apresentaram um crescimento significativo no índice. Em sua grande maioria, elas ultrapassaram a meta estabelecida pelo Ministério da Educação. As três escolas municipais que mais se destacaram nos anos iniciais dos Ensino Fundamental foram Norma Borges Beluco (7,6); Marluce Martins (7,3) e Frei Leopoldo (7,2). Em 2015, essas escolas tiveram respectivamente as notas 6,7; 6,5 e 6,9; mostrando o quanto elas superaram as notas daquele ano.

A escola municipal Jacques Correia, também nos anos iniciais, teve um aumento bastante significativo, saindo do patamar de 5,9 em 2015 para 7,0 em 2017. “A escola superou as expectativas e isso se deve ao trabalho de toda a equipe escolar, do empenho de professores, pais e alunos em transformar a realidade da instituição. Estamos muito felizes com esse resultado.

Nos anos finais do Ensino Fundamental, também houve um crescimento. Nas escolas urbanas, os três melhores resultados foram das escolas Maria Inez (5,7), Norma Borges (5,6) e, na 3ª posição estão empatadas as escolas Jacques Correia e Marluce Martins (5,4). No meio rural, destacaram-se as escolas Adbias Caldeira Brant, de Alagoas (6,0); Cônego Getúlio de Pilar (5,9) e Delfim Moreira, de Lanhosos (5,8).

A educação municipal teve um salto de qualidade de acordo com os números do IDEB no último ano, se forem comparados os anos de 2013 (6,3); 2015 (6,5) e 2017 (7,1). A consulta pública dos resultados por instituição está disponível por meio do endereço ideb.inep.gov.br.

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here