Prefeitura esclarece morte de idoso na UPA III

0
1223

Um senhor de 78 anos, morreu na UPA porte III, em Patos de Minas, na tarde de ontem (7).

A primeira informação é que, José Augusto Coelho Diniz, tinha morrido na fila de espera de atendimento, porém, a Prefeitura, através de sua assessoria, enviou uma nota, informando que ele estava no setor de medicação, quando aconteceu o ato.

Confira a nota:

A gerência da UPA informa que ao consultar o prontuário do senhor José Augusto Coelho Diniz, 78 anos, foi constatado que ele deu entrada na Unidade de Pronto Atendimento no dia (02), às 09h53, sendo atendido pela enfermeira do protocolo Manchester às 10h08 e classificado como verde, ou seja, podendo ser atendido em até 120 minutos.

Havia relato pelo acompanhante de que o senhor tinha febre, respiração ruim e úlceras por pressão. O paciente foi atendido pelo médico do plantão e prescrita a realização de exames laboratoriais e raio-X, bem como soroterapia e antitérmico.

Ao sair do consultório, o acompanhante dirigiu-se ao setor de medicação onde a técnica de enfermagem orientou que aguardasse na fila, pois ela já estava medicando outro paciente. Ao perceber que o paciente estava desacordado, a técnica de enfermagem constatou que o idoso encontrava-se em PCR (parada cárdio-respiratória), conforme relatado no prontuário.

O paciente foi encaminhado imediatamente à  sala de urgência e iniciado procedimento padrão para casos de urgência, porém, sem sucesso, sendo constatado óbito às 11h15. Segundo relatos da esposa, o idoso estava sob tratamento domiciliar para pneumonia e que revelou, também, que ele estava com quadro de dispnéia/ falta de ar  há vários dias e sem resposta até mesmo das nebulizações diárias, sendo este um dos motivos para que o paciente fosse levado à UPA.

Deixe uma resposta