Mulher é esfaqueada e colocada viva em saco plástico por causa de drogas

0
932

O estado dela é gravíssimo

 Um crime bárbaro aconteceu na madrugada desta quinta-feira (1º), no bairro Bela Vista, em Patos de Minas. Uma mulher de 54 anos foi esfaqueada e colada em um saco plástico por não concordar em vender seu carro para comprar drogas. O estado dela é gravíssimo.

Segundo informações da Polícia Militar, Fernanda Batista, 21 anos, Pedro Janiel, 26 anos, e Joana D’arc, 54 anos, estavam juntos em uma casa na rua Pedro Castorina, bairro Bela Vista, fazendo o uso de drogas.

Em determinado momento, a droga teria acabado, e Pedro então teria sugerido a Joana que vendesse seu carro para comprar mais entorpecentes, Joana teria recusado ceder o automóvel. Diante da recusa, Pedro começou a estrangular a mulher e a desferir golpes de faca e facão, Fernanda também teria ajudado.

Depois do ato, o casal colocou Joana dentro de um saco plástico, a deixou dentro do banheiro da residência, e fugiu do local com o veículo da vítima.

Mesmo com os golpes de faca, a vítima não faleceu e acabou sendo encontrada pelo irmão de Pedro, bastante ofegante e ensanguentada. Ele então acionou o Samu, que a encaminhou ao Hospital Regional. O estado dela é gravíssimo.

De posse da ocorrência, a Polícia Militar começou a rastrear o veículo em que o casal saiu, no intuito de localizá-los. Depois de algum tempo, eles foram vistos pelas câmeras de videomonitoramento passando pela avenida Getúlio Vargas, momento em que foram apreendidos.

De acordo com a PM, após a abordagem, o casal confessou que por não ter conseguido vender o automóvel, eles voltariam até a casa e jogaria o corpo de Joana no rio Paranaíba.

Os dois foram presos e conduzidos ao Presídio Sebastião Satiro.

Autor: André Martins

Deixe uma resposta