Sem vaga, recém-nascido corre risco de morte em Carmo do Paranaíba

0
348
Somente Belo Horizonte ou Uberlândia possui as condições necessárias para realização da cirurgia no recém-nascido.
Os pais Renato Rocha Costa e Leidelene Correia Lopes já não sabem mais o que fazer e a quem pedir ajuda para conseguir uma vaga para o seu filho recém-nascido Davy Lucas Lopes Costa, de apenas 19 dias. Desde a última quinta-feira (06/04) o pequeno Davy Lucas se encontra internado na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) de Carmo do Paranaíba.
Os pais do recém-nascido disseram que ele passou por algumas complicações de saúde (falta de ar) e foi preciso ser levado às pressas até a UPA da cidade. Foi dito pelos pais e familiares que os profissionais da saúde aqui da cidade não têm medido esforções para conseguir a transferência do pequeno Davy para um local adequado até a realização da cirurgia.
Somente Belo Horizonte ou Uberlândia possui as condições necessárias para realização da cirurgia no recém-nascido. No Hospital Regional de Patos de Minas possui UTI (Unidade de Tratamento Intensivo) Neonatal, porém sem vaga no momento. A família entrou na justiça e o prazo final é até essa terça-feira (11/04) deve obter uma decisão sobre esta situação.
De acordo com informações foi verificado durante a gestação que o bebê precisaria de cuidados especiais após o seu nascimento e que deveria passar por alguns exames. Segundo os pais do Davy ele nem poderia ter recebido alta do Hospital Regional. Os pais acreditam que o problema seja no coração devido os outros exames que foram realizados apresentarem dentro da normalidade.
Autor: Tô na Mídia CP

Deixe uma resposta