Dois detentos matam presidiário em Patos de Minas

0
1926

A primeira suspeita é que a vítima teria suicidado.

A Polícia Militar foi acionada a comparecer neste domingo (12), ao presídio Sebastião Satiro para registrar um boletim de ocorrência de um homicídio em uma das celas do presídio. O crime teria sido motivado por uma rixa do passado entre dois detentos.

De acordo com a Polícia Militar, na madrugada da última sexta-feira (10), agentes penitenciários chamaram a PM, para registrar o suicídio de Thiago dos Reis Souza, que teria se enforcado com um lençol. Segundo os agentes penitenciários, os próprios colegas de cela teriam os chamado dizendo que a vítima havia colocado o lençol na cabeça e amarrado no banheiro, vindo a morrer logo depois.

A perícia compareceu no local e estava investigando o caso, só que neste domingo, dois detentos voltaram a chamar um agente penitenciário em sua cela, e confessaram que havia matado o rapaz de 31 anos.

Segundo a PM, um dos autores do crime teria estrangulado e asfixiado Thiago na madrugada de sexta-feira, mas para se livrar da culpa, chamou outro colega de cela para amarrar a vítima em uma das grades do banheiro, para simular um suicídio. Os dois comparsas então amarraram a vítima no banheiro com um lençol e avisaram os agentes sobre o falso suicídio.

Os dois detentos que realizaram o crime só confessou que teriam matado o homem de 31 anos, para não prejudicar os outros colegas de cela. Tudo teria sido motivado por uma rixa antiga entre Thiago e um dos autores do crime.

Autor: André Martins

Deixe uma resposta