Operação cata-treco tem balanço positivo na primeira semana de atividade

0
202

Sofás e partes de guarda-roupas foram os materiais mais recolhidos até o momento

Quase uma semana após seu lançamento, o cata-treco já executou 20 solicitações de busca de material inservível em diversos pontos do município. O serviço, realizado pela prefeitura municipal, através da secretaria de Infraestrutura, tem sido um sucesso no recolhimento de móveis e eletroeletrônicos velhos e usados.

Composto por uma equipe de servidores da Prefeitura, um caminhão e telefone para receber as chamadas da população, a operação tem como objetivo recolher os móveis e eletroeletrônicos descartados nas ruas, canteiros centrais de avenidas e em terrenos baldios a fim de deixar a cidade limpa.

De acordo com a secretaria de Infraestrutura, 30 pedidos de requerimento foram efetuados pelo telefone 0800-347477. Mas o problema que o serviço enfrenta é que desses pedidos, dez solicitações não foram executados, por informação não procedente quanto ao endereço. “A equipe foi em todos os locais solicitados, mas em 10 deles, o endereço estava incorreto ou não havia material para ser recolhido. Pedimos para que as pessoas tenham atenção ao nos passar a direção e caso sejam trotes, não continuarem com as brincadeiras, pois afeta bastante o trabalho dos servidores.”, solicita o secretário Rogério Borges Vieira, contando com a conscientização da população.

O prefeito José Eustáquio ressalta que a intenção é ampliar o serviço e a pessoa agendar a retirada em local que ela perceba que exista o móvel, inclusive até mesmo do passeio da casa dela. “Com isso, o lixo que está poluindo o meio ambiente será retirado e a cidade ficando mais limpa.”, avalia o chefe do Executivo.

O material recolhido recebe destinação correta, como a incineração, em caso dos materiais de madeira e a entrega para a APARE – Associação Patense de recilagem dos demais. Até o momento, sofás e partes de guarda-roupas foram os materiais mais recolhidos.

Autor: Ascom Prefeitura de Patos de Minas

Deixe uma resposta