Prefeito recebe comissão de Educação e representantes de professores para esclarecimentos

0
249

Reunião teve o objetivo de abrir diálogo entre a classe e o executivo a fim de sanar dúvidas sobre mudanças na contratação de pessoal

O prefeito José Eustáquio Rodrigues Alves, juntamente com a secretária municipal de Educação, Profª Me. Fabiana Ferreira dos Santos, recebeu, hoje (27) pela manhã, os vereadores da comissão de Educação da Câmara Municipal de Patos de Minas, vereadores de outras comissões e representantes de professores. O objetivo do encontro foi de esclarecer as mudanças implantadas na pasta quanto à contratação de professores e às nomeações do concurso público 001/15 que haviam sido suspensas.

O prefeito abriu a reunião esclarecendo o momento difícil em que o município se encontra em relação ao financeiro. “O que houve na secretaria foi uma reformulação na pasta, já que houve nomeações no ano passado, sem um estudo real das vagas e havia professores excedentes em algumas escolas.” – revelou o chefe do Executivo.

A secretária da Educação apresentou números da contratação e ressaltou que as nomeações serão retomadas e já têm data marcada. “Na segunda-feira, dia 30, iremos nomear 12 professores de Educação Física e, logo após as escolhas dos professores, iremos contratar 15 profissionais para atuarem nas escolas. Tudo está sendo feito de forma transparente e se formos comparar com os anos anteriores em que houve média de contratação de 23 a 25 professores, estamos ainda efetivando os 12, totalizando 27 profissionais para este ano.” – esclareceu Fabiana.

A professora ainda destacou que não será possível dar posse a professores para escolas no meio rural, uma vez que a demanda de alunos nessas escolas tem caído a cada ano cerca de 40%. Mais dois professores de Língua Portuguesa e um secretário escolar serão nomeados na segunda-feira (30).

Participaram da reunião representantes de professores dos anos iniciais e educação infantil, dos anos finais, de apoio e de Educação Física, os vereadores que compõem a Comissão de Educação, Cultura, Esporte e Lazer, David Antônio Sanches, Paulo Augusto Corrêa e Vicente de Paula Sousa e de outras comissões como Otaviano Marques, Braz Paulo de Oliveira Júnior, Nivaldo Tavares dos Santos, Sebastião Sousa de Almeida, Béia Savassi, Isaias Martins de Oliveira, Mauri Sérgio Rodrigues, Maria Dalva da Mota Azevedo, Edimê Avelar e o presidente da Câmara, Francisco Frechiani.

O presidente da Câmara, Francisco Frechiani, salientou que os problemas de mal entendidos sobre as mudanças foram gerados devido a ansiedade dos profissionais. Segundo ele, é preciso esperar a implantação das alterações para saber os resultados e avaliar para depois rever e cobrar.

O vereador Braz Paulo parabenizou a iniciativa de manter o diálogo com a classe e reiterou que se valorizasse o Plano Municipal de Educação, já que foi um trabalho elaborado por muitos professores do sistema educacional.

O presidente da Comissão de Educação da Câmara, David Balla, alegou que a grande preocupação do legislativo era de um problema relacionado à mudanças em leis da educação tivessem que ser votadas pelos vereadores, que iriam precisar de prazo para serem analisadas. A secretária garantiu que nenhuma mudança está fora das leis vigentes e estão amparadas por estudos e consultas feitas nos anos de 2014/2015.

Ao final da reunião, o vereador Vicente de Paula Sousa argumentou que os professores devem se manter mais serenos já que o processo de contratação continua e os impactos, positivos ou não, só serão sentidos após as mudanças serem implantadas.

Autor: Ascom Prefeitura de Patos de Minas

Deixe uma resposta